PUBLICIDADE
Sete homens foram vítimas de armas de fogo no feriado em SE
08/09/2017 - 10h38 em Notícias

O Instituto Médico Legal (IML) registrou 12 corpos no plantão de 24 horas que encerrou às 6h desta sexta-feira (8) em Sergipe. Em apenas um dia, foram sete mortes violentas por disparos de armas de fogo.

Um garoto de 14 anos foi assassinado com um tiro no tórax quando estava na Rua 30 do Conjunto Padre Pedro, no Bairro Santa Maria em Aracaju. De acordo com informações da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima morava no Bairro Valadares e tinha ido até o conjunto para jogar bola, mas uma rixa entre os grupos das duas localidades teria motivado o crime.

Em São Cristóvão, na região do Parque Santa Rita, um homem de 33 anos foi assassinado com disparos de uma pistola de 9 mm. A vítima andava de cadeira de rodas e, segundo a polícia, tinha envolvimento com drogas.

Um homem de 28 anos estava de bicicleta quando foi alvejado com cinco tiros nas costas. O crime aconteceu na Rua 24 do Parque dos Faróis em Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com o DHPP, um ex-presidiário chamou a vítima na porta de casa e atirou no rosto do homem de 45 anos. Ele não resistiu ao ferimento e morreu no Conjunto Jardim Centenário em Aracaju.

Em Nossa Senhora do Socorro, um homem de 25 anos estava de bicicleta quando foi surpreendido por um rival que atirou nele. Segundo o DHPP, o passageiro que estava na garupa também ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

A violência também vitimou um adolescente de 16 anos no Povoado Pedra Branca em Laranjeiras. Um homem de 38 anos também foi vítima de disparos de arma de fogo no Bairro São Carlos, na capital.

Outras causas
Três homens morreram após acidentes de trânsito nos municípios de Itabaiana e Propriá. No município de Carmópolis, um homem de 56 anos não resistiu às complicações de uma queda da própria altura.

Um corpo do sexo masculino foi encontrado por volta das 6h30 desta quinta-feira (7) na areia da Praia da Costa, no município da Barra dos Coqueiros (SE). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), populares estavam se exercitando no local no início desta manhã quando avistaram o corpo e informaram às equipes de buscas. No local, uma mulher reconheceu o homem como sendo o irmão dela de 41 anos que desapareceu no mar após cair de uma embarcação na segunda-feira (4).

 

G1SE

COMENTÁRIOS