PUBLICIDADE
Almeida Lima é citado mais uma vez na Lava Jato por delator
19/09/2017 - 19h26 em Notícias

O site O Antagonista informa que o empresário Luiz Ramalho, em sua delação premiada na Lava-Jato, disse que doou dinheiro para o ex-senador sergipano Almeida Lima (PMDB).
De acordo com o site, o procurador-geral da República, Roderigo Janot, destaca que Almeida Lima é aliado do senador Renan Calheiros.

Na denúncia contra Renan Calheiros, Rodrigo Janot estampa num organograma as relações que exemplificariam o repasse de propina, solicitada por Sérgio Machado ao empresário Luiz Ramaldo, em contrapartida a contratos na Transpetro.


Luiz Ramaldo contou em sua delação ter doado 150 mil reais para Almeida Lima, de Sergipe. Para a PGR, não haveria razão para o repasse, já que o empresário não tem qualquer relação com aquele estado.

Rodrigo Janot destaca ainda que Almeida Lima é aliado de Renan Calheiros e, um ano antes (2007), arquivou o processo o alagoano no Conselho de Ética pelo caso Mônica Veloso. Ricardo Saud, delator da JBS, confirmou que Renan Calheiros pediu doações a Almeida Lima.


  1. Da mesma forma, o empresário narrou o pagamento de outros 150 mil reais, a pedido de Luiz Machado, para a campanha de Leomar Quintanilha, que presidia a Comissão de Ética e ajudou a arquivar representações contra Renan Calheiros.
  2. Antagonista
COMENTÁRIOS