Homem exercia de forma ilegal a profissão de dentista na cidade Nossa Senhora Aparecida
01/02/2018 - 9h29 em Notícias

   Segundo a SSP, ele deve se apresentar à polícia voluntariamente.

Por G1SE

Coselho diz que local era inadequado para atendimento (Foto: CRO)

O Conselho Regional de Odontologia de Sergipe (CRO-SE) realizou nesta quarta-feira (31) um flagrante de exercício ilegal da odontologia em um consultório no município de Nossa Senhora Aparecida (SE).

Segundo o Conselho, o falso dentista atuava como protético sem registro e juntamente com seu filho atendia irregularmente no local. Eles conseguiram deixar o consultório antes da polícia chegar. Ainda de acordo com o CRO, o consultório não possui condições sanitárias.

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) informou que a polícia não participou da diligência do Conselho, mas de acordo com a delegacia do município o homem vai se apresentar à polícia voluntariamente com um advogado e só depois disso será instaurado o procedimento administrativo e policial.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!