PUBLICIDADE
Mais de 500 famílias sergipanas solicitaram desligamento do programa ‘Bolsa Família’
29/01/2019 10:02 em Notícias

Por G1 SE

Famílias que pediram desligamento têm o prazo de 36 meses para retomarem o programa, caso voltem à uma situação de vulnerabilidade soxial. — Foto: Agência Senado

O Governo de Sergipe informou que em 2018, 567 famílias sergipanas solicitaram o desligamento voluntário do programa Bolsa Família, alegação não necessitarem mais do benefício, segundo levantamento feito pela Secretaria de Estado da Inclusão, da Assistência Social e do Trabalho (Seit).

 

O desligamento voluntário ocorre quando uma família decide deixar de participar do programa, não recebendo mais o benefício. Com a saída de uma família, abre-se uma nova vaga para outra família em situação de vulnerabilidade social.

De acordo com o coordenador Estadual do Programa Bolsa Família e Cadastro Único da Seit, José Carlos Passos, esta é uma decisão da própria família, e a partir do desligamento voluntário, existe o prazo de 36 meses para retornar ao programa, caso retorne à situação de vulnerabilidade social e que o desligamento voluntário ajuda o Governo Federal a identificar as famílias que tiveram melhorias e como o programa foi fator fundamental para esse desenvolvimento.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade