PUBLICIDADE
Dois lixões são fechados pela Adema e FPI no Alto Sertão
07/11/2019 10:17 em Notícias

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) interditou nesta quarta-feira (6), os lixões dos municípios de Canindé de São Francisco e Poço Redondo por não estarem obedecendo às políticas nacionais do Meio Ambiente e de Resíduos Sólidos. A ação aconteceu com o apoio da 5º Etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Sergipe (FPI/SE), em andamento desde a segunda-feira (4).

“Temos uma programação para fechamento de todos os lixões de Sergipe diante da Política Nacional de Meio Ambiente e da Política de Resíduos Sólidos. Nós estamos notificando o tempo inteiro as prefeituras. Hoje já temos consórcios públicos para isso, mas prefeituras nada tem feito. Aproveitando a FPI para fechar os lixões”, disse o presidente da Adema, Gilvan Dias.

 

 

Os gestores municipais não foram localizados para falar sobre o assunto.

Fiscalização Preventiva Integrada

Mais de 200 profissionais de 33 instituições vão percorrer 10 municípios promovendo ações de defesa do Velho Chico, em Sergipe. “O objetivo da FPI é proteger o meio ambiente natural e cultural da Bacia do Rio São Francisco e melhorar a qualidade de vida do povo da região, por meio de ações planejadas e integradas de conservação e revitalização”, explica a procuradora da República Lívia Tinôco, coordenadora da FPI.

O trabalho consiste em ações educativas e quando for detectado o não atendimento às exigências legais ambientais, serão adotadas medidas administrativas, extrajudiciais ou judiciais cabíveis no âmbito cível e criminal.

Este ano, os técnicos da FPI/SE estão divididos nas equipes de saneamento, gestão ambiental; espeleologia, arqueologia e paleontologia; aquática; fauna; patrimônio cultural e comunidades tradicionais; agrotóxicos; abate; e instituições parceiras.

A Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe é composta por 20 órgãos federais, 13 órgãos estaduais e duas instituições da sociedade civil organizada, além de profissionais colaboradores de diversas áreas do conhecimento.

Quarta etapa

Em quatro etapas do programa de Fiscalização Preventiva Integrada do São Francisco, os técnicos das instituições parceiras percorreram todos os 28 municípios sergipanos que integram a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Nesta 5ª etapa, os municípios estão sendo revisitados.

O Velho Chico possui área de aproximadamente 641.000km², com 2.863km de extensão. Atualmente suas águas servem para abastecimento e consumo humano, turismo, pesca e navegação. O Rio São Francisco tem sofrido grandes impactos, principalmente da ação humana.

Com informações do G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade